Serviços

BRUXISMO

O bruxismo é o ato inconsciente e involuntário de ranger os dentes, podendo ocorrer durante o sono (bruxismo noturno) ou em estado de vigília. A patologia é muito comum. Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) acomete cerca de 30% da população mundial, que hoje é de 7,6 bilhões de pessoas.

Por serem atos inconscientes, o paciente raramente sabe que aperta ou range os dentes. Estudos apontam que apenas de 5% a 20% dos pacientes sabem que têm o bruxismo e chegam os consultórios com várias queixas. Por isso, não raro, o diagnóstico é feito por dentistas. As queixas mais comuns são:

  • Desgastes dos dentes e dificuldade de mastigação e estética comprometida;
  • Dores na mandíbula;
  • Mau funcionamento da ATM (Articulação Temporomandibular) – articulação que liga a mandíbula ao crânio;
  • Estalos ao abrir e fechar a boca;
  • Cansaço e exaustão sem causa aparente, devido à má qualidade do sono
  • Dores e zumbidos nos ouvidos;
  • Dores no pescoço, na mandíbula e nos músculos da face;
  • Tensão no trapézio (parte superior das costas formada por um grande músculo de /forma triangular que se origina ao longo da coluna vertebral superior, desde o crânio até a última costela);
  • Tonturas;
  • Torcicolos;
  • Dores de cabeça fortes e frequentes.

Com reflexos tão negativos, o bruxismo compromete a produtividade diária e a qualidade de vida das pessoas que sofrem as suas consequências.

O QUE CAUSA O BRUXISMO?

A patologia não tem causa definida e pode ser desencadeada e/ou acentuada por:

Problemas neurológicos – epilepsia, depressão, ansiedade e Parkinson;

Uso de medicamentos como Fluoxetina, Paroxetina, Venlafaxina;

Problemas respiratórios, que também podem desencadear ronco e apneia do sono;

O consumo excessivo de cafeína, álcool, fumo e/ou o uso frequente de drogas;

Estresse.

Bruxismo tem cura?

O bruxismo não tem cura, mas seus sintomas podem ser aliviados consideravelmente a ponto de devolver o conforto mastigatório e a qualidade de vida ao paciente.

“O uso da placa de mordida é o primeiro passo para iniciar o tratamento. Ela protege os dentes, evitando mais desgastes e aliviando o estresse da musculatura da ATM (Articulação Temporomandibular) provocado pelo apertar e ranger dos doentes”, explica a dentista Regina Yabu Pavanello, especialista em odontologia orofacial e estética do sorriso, da clínica Vital Odontologia.

A placa pode ser usada apenas à noite (em caso de bruxismo noturno) ou durante 24 horas (quando o paciente que tem hábito involuntário de apertar e/ou ranger os dentes também em estado de vigília) – nesse caso, as contrações ocorrem quando está em atividades que exigem concentração.

Como tratar o bruxismo?

“Cada caso deve ser estudado separadamente. E não é raro haver a necessidade de reabilitação oral com reconstruções e ajustes dentários”, afirma a dentista. “Essa reabilitação é feita de forma diferente em cada paciente, dado o grau de bruxismo que varia de pessoa para pessoa, assim como os efeitos da patologia”, diz a dentista.

Entretanto, o que é comum em todos os pacientes com bruxismo é o desgaste dos dentes e consequente redução da Dimensão Vertical de Oclusão (DVO) (que altera a harmonia da face) e dor e desconforto na ATM (Articulação Temporomandibular).

Sessões de relaxamento e atividades físicas para aliviar o estresse também são muito indicadas.

Toxina Botulínica para tratamento de bruxismo

A Toxina Botulínica tipo A, nomenclatura oficial do Botox injetável, também é um recurso no tratamento do bruxismo.

A utilização do Botox por dentistas para tratamentos funcionais e estéticos é autorizada pela Resolução 176/2016.

No caso específico do bruxismo, a toxina botulínica é aplicada em pontos específicos dos músculos temporal anterior e masseter, na mandíbula. Dessa forma, impede a liberação de acetilcolina, substância que promove a contração da musculatura e limita ou elimina a contração involuntária que provoca o apertar e ranger dos dentes.

EFEITO ESTÉTICO

Esse tratamento terapêutico também traz benefícios também estéticos. Isso porque uma das características do paciente com bruxismo é o rosto redondo. Isso ocorre porque a força recorrente colocada no músculo masseter (da mandíbula) promove o seu desenvolvimento. Com a aplicação da Toxina Botulínica conforme indicação da dentista, a musculatura deixa de ser exercitada. O efeito é a redução de tamanho e o afinamento o contorno do rosto, fazendo prevalecer maior harmonização da face.

O Botox tem duração de aproximadamente 6 meses e deve ser replicado. “O resultado desse tratamento depende da disciplina do paciente. É preciso observar a duração da Toxina Botulínica e obedecer a periodicidade nas aplicações”,

Sorriso Gengival

Muitas pessoas procuram a Vital Odontologia muito incomodadas com o sorriso que deixa a gengiva aparente – o sorriso gengival. A maior frustração delas com essa característica é a desarmonia da boca e da face quando sorriem e/ou falam.

São casos em que a gengiva chama muito a atenção e ofusca toda a estética facial, e também a beleza dos dentes.

Para corrigir o sorriso gengival, quando se apresenta num grau mais leve, que é grande parte dos casos, a aplicação da Toxina Botulínica Tipo A (comercialmente conhecido como Botox) pode ser usada no tratamento, podendo até evitar a intervenção cirúrgica.

Nesse caso mais simples, o Botox deve ser aplicado em pontos estratégicos para reduzir a contração muscular responsável pela movimentação do lábio superior, impossibilitando que ele suba exageradamente, expondo a gengiva quando o paciente fala e/ou sorri.

A dentista Regina Yabu Pavanelo, especialista em estética e harmonização do sorriso e facial, lembra que cada caso deve ser estudado com cuidado e separadamente, mas que em muitos deles, a Toxina Botulínica pode ser a indicação.

A dentista ressalta que o sorriso gengival muitas vezes é o causador de problemas psicológicos e sociais e deve ser corrigido. “Falar e sorrir são atividades básicas nas relações sociais e se uma pessoa tem insegurança ao falar e sorrir porque não gosta do seu sorriso e do aspecto da sua boca quando fala, ela vai se retrair, se relacionar cada vez menos e isso pode ser gatilho para depressão e outros distúrbios”, avalia.

“Se existe tratamento e solução para os nossos males, temos que buscar”, finaliza.

Para casos mais severos, a indicação é cirurgia da correção. Para cada caso, pode ser indicada uma técnica: genvivoplastia, genvivectomia e reposicionamento labial.

CASOS CIRÚRGICOS

A cirurgia periodontal de aumento de coroa clínica é indicada para casos em que o volume da gengiva exposta ao sorrir é muito grande e a Toxina Butulínica sozinha não garante a harmonia do sorriso.

A gengivoplastia consiste na remoção do excesso da gengiva. Não necessitam de pontos de sutura e a recuperação é rápida, embora exija cuidados e repouso.

Gengivectomia

Nos casos mais severos de sorriso gengival, a gengivectomia pode ser indicada. Nessa intervenção, é removida a gengiva em excesso e parte do osso que provoca o problema. A recuperação é menos rápida porque o procedimento exige sutura.

REPOSICIONAMENTO LABIAL

É um procedimento cirúrgico indicado a pacientes com sorriso gengival causado por hiperfunção do lábio superior. A cirurgia reposiciona a parte interna dos lábios superiores, permitindo um travamento dos músculos e lábios ativados ao sorrir, evitando que subam exageradamente.

Bichectomia

Você já ouviu falar em Bichectomia?

A cirurgia que virou febre nos Estados Unidos, e já desponta como uma das preferidas entre as brasileiras famosas que preferem ganhar um rosto menos arredondado.

O procedimento é estético ou para pessoas que tem o hábito de morder as bochechas, é retirado bolsas de gordura presentes em cada lado da boca, entre o maxilar e a mandíbula, chamadas de Bolas de Bichat

Quer saber  mais sobre a Bichectomia? Ligue e agende uma avaliação.

O poder do Dentinho de Leite

Tem crescido o investimento e a procura por um método utilizado e pouco falado na medicina atual, que é a conservação e armazenamento de células tronco, da polpa do dente de leite.

 Isso mesmo nesses pequenos dentes temos uma “joia rara’ que tem feito avanços na medicina

Já é bem conhecido que encontramos células tronco no cordão umbilical, mas diferente desses a polpa do dente de leite destaca-se por fornecer células tronco mesenquimais,  multipotentes e imunocompatíveis, podendo servir não só ao doador como também para toda a família.

Encontramos nessa massa de tecido vivo uma variedade de células, que podem reparar tecido muscular cardíaco, nervoso, ossos cartilagem, pele e até superfície ocular.

O armazenamento é feito dos 5 aos 12 anos que é o período de troca do dente de leite, para isso é necessário ser feita a extração deste dente em consultório odontológico, com os cuidados e instruções de um laboratório especializado.

Para mais esclarecimentos, marque uma consulta com um Odontopediatra.

Facetas de Porcelana

Sabemos que um sorriso bonito e saudável contribui para o sucesso social e profissional, abre portas encanta e gera auto confiança.

 A Vital Odontologia sempre se atualiza com o que há de mais moderno e tecnológico, unidos sofisticação e arte para obter um resultado natural, harmônico e muito satisfatório de forma rápida, realizando sonhos através do tratamento com facetas de porcelana.

As facetas são peças de porcelana personalizado que revestem a parte frontal do dente, visando a alta resistência e estabilidade de cor.

Para saber mais, ligue e agende uma consulta

Lentes de Contato Dentais

Com a evolução das propriedades óticas e principalmente mecânicas, das cerâmicas odontológicas, hoje é possível construir estruturas cerâmicas ultra finas, (lentes de contato dentais) com apenas 0,2 mm de espessura, que possibilitam um tratamento altamente estético e minimamente invasivo, com mínimo desgaste dental.

As lentes de contato são normalmente indicadas por razões estéticas, sendo capazes de corrigir desde pequenas imperfeições de forma dental até dentes anteriores com fraturas ou com  diastemas. Podem ser usadas ainda para disfarçar manchas dentais e pequenas descolorações

Para saber mais, ligue e agende uma consulta.

Protetores Bucais

Os protetores bucais comparados em lojas de esportes, não oferecem a proteção adequada, por não se encaixar perfeitamente nos dentes o que dificulta a fala e a respiração, assim como a ingestão de bebidas para reidratação durante treinos esportivos.

Nossos protetores são personalizados para proteges as estruturas dentárias que podem ser acometidas por traumas em diversos esportes, por ex: boxe, karatê, judô jiu-jitsu , futebol, handball, basquete , polo aquático, motocross, MMA, vale tudo etc..

Para saber mais, ligue e agende uma consulta