A Ortopedia Funcional dos Maxilares é uma especialidade que corrige alterações e desequilíbrios musculares, ósseos e posturais do paciente.

Essa especialidade utiliza técnicas capazes de promover o desenvolvimento ósseo e muscular, sendo, dessa forma, muito indicada para as crianças com alterações relacionadas à mandíbula e ao maxilar que desequilibram e desarmonizam o crescimento facial.

Esse desequilíbrio facial, normalmente, está associado à respiração oral, queixo saliente ou para dentro, dentes apinhados ou tortos, mordida cruzada, falta de espaço para erupção dos dentes – problemas que impedem mastigação correta.

A ortopedia funcional dos maxilares utiliza vetores de força criteriosamente dirigidas e controladas, movimentando os dentes dentro dos limites específicos de cada tipo de tratamento e de diferentes aparelhos.

Pode ser:

  • Convencionais: que podem ser utilizados braquetes metálicos ou estáticos;
  • Sistema Damon com braquetes ou ligáveis (estéticos ou metálicos) – para pessoas que querem um resultado mais rápido (+/- 50% do tempo com aparelho convencional);
  • Clear Aligner (aparelhos invisíveis) – nesses não são utilizados braquetes colados aos dentes, e sim placas transparentes que são trocadas periodicamente.