Muitas pessoas procuram a Vital Odontologia muito incomodadas com o sorriso que deixa a gengiva aparente – o sorriso gengival. A maior frustração delas com essa característica é a desarmonia da boca e da face quando sorriem e/ou falam.

São casos em que a gengiva chama muito a atenção e ofusca toda a estética facial, e também a beleza dos dentes.

Para corrigir o sorriso gengival, quando se apresenta num grau mais leve, que é grande parte dos casos, a aplicação da Toxina Botulínica Tipo A (comercialmente conhecido como Botox) pode ser usada no tratamento, podendo até evitar a intervenção cirúrgica.

Nesse caso mais simples, o Botox deve ser aplicado em pontos estratégicos para reduzir a contração muscular responsável pela movimentação do lábio superior, impossibilitando que ele suba exageradamente, expondo a gengiva quando o paciente fala e/ou sorri.

 

A dentista Regina Yabu Pavanelo, especialista em estética e harmonização do sorriso e facial, lembra que cada caso deve ser estudado com cuidado e separadamente, mas que em muitos deles, a Toxina Botulínica pode ser a indicação.

A dentista ressalta que o sorriso gengival muitas vezes é o causador de problemas psicológicos e sociais e deve ser corrigido. “Falar e sorrir são atividades básicas nas relações sociais e se uma pessoa tem insegurança ao falar e sorrir porque não gosta do seu sorriso e do aspecto da sua boca quando fala, ela vai se retrair, se relacionar cada vez menos e isso pode ser gatilho para depressão e outros distúrbios”, avalia.

“Se existe tratamento e solução para os nossos males, temos que buscar”, finaliza.

Para casos mais severos, a indicação é cirurgia da correção. Para cada caso, pode ser indicada uma técnica: genvivoplastia, genvivectomia e reposicionamento labial.

Casos cirúrgicos

A cirurgia periodontal de aumento de coroa clínica é indicada para casos em que o volume da gengiva exposta ao sorrir é muito grande e a Toxina Butulínica sozinha não garante a harmonia do sorriso.

  • Gengivoplastia

A gengivoplastia consiste na remoção do excesso da gengiva. Não necessitam de pontos de sutura e a recuperação é rápida, embora exija cuidados e repouso.

  • Gengivectomia

Nos casos mais severos de sorriso gengival, a gengivectomia pode ser indicada. Nessa intervenção, é removida a gengiva em excesso e parte do osso que provoca o problema. A recuperação é menos rápida porque o procedimento exige sutura.

Reposicionamento labial

É um procedimento cirúrgico indicado a pacientes com sorriso gengival causado por hiperfunção do lábio superior. A cirurgia reposiciona a parte interna dos lábios superiores, permitindo um travamento dos músculos e lábios ativados ao sorrir, evitando que subam exageradamente.